Brasil

Volkswagen terá que recomprar de clientes 194 carros por venda irregular

Como aconteceu na Alemanha, a Volkswagen do Brasil também vendeu carros que não poderiam ser ofertados devido a irregularidades na documentação. Agora a empresa terá que recomprar, de seus clientes, 194 veículos com ano/modelo 2009 a 2018.

Em comunicado oficial, a Volkswagen explica que os automóveis não têm “registro de liberação”, uma espécie de documentação técnica interna de montagem. Sendo assim, “não é possível assegurar que as 194 unidades em questão atendam aos padrões e regulamentos exigidos”.

A montadora deve agora entrar em contato com os atuais donos para fazer a recompra dos carros por 100% do valor anunciado na tabela Fipe. O caso envolve 15 modelos, tanto nacionais quanto importados. E, assim como nos Estados Unidos e Europa, a prática foi feita até recentemente, já que carros 2018 também fazem parte do recall.

Os modelos envolvidos são: CC, CrossFox, Fox, Gol, Golf, up!, Passat, Passat Variant, Parati, Polo, Polo sedã, Saveiro, Tiguan, Touareg e Voyage.

O atendimento aos consumidores afetados começará em 1º de fevereiro. No final do ano passado, a imprensa alemã revelou documentos apontando que a montadora vendeu quase 17 mil carros pré-série sem autorização nos Estados Unidos e na Europa.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com