Bahia

MP pede interdição urgente do Terminal Marítimo de Madre de Deus

Caso se arrasta desde 2018, quando equipamento apresentou problemas estruturais

O Ministério Público do estado da Bahia (MP-BA) solicitou em caráter de urgência, a interdição do Terminal Marítimo de Madre de Deus, na Região Metropolitana de Salvador, por conta de problemas estruturais.

O promotor de Justiça Cristiano Chaves acionou a Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico (Sinart), nesta terça-feira (7), para que sejam realizados reparos na estrutura física do terminal e requereu que a Justiça aplique uma multa por danos morais, no valor de R$ 50 mil.

A manifestação do MP-BA se dá tendo em vista problemas estruturais apresentados no local desde 2018, com destaque para o desabamento da ponte de embarque e desembarque de passageiros. O promotor sinalizou que na época a própria Sinart reconheceu os problemas e se comprometeu a reformar o equipamento, tendo prometido que a rampa seria reconstruída e uma outra reforçada.

Cristiano Chaves pontuou que, apesar das promessas, o terminal continuou funcionando “sob a alegação de que não haveria risco à população em geral”, embora relatório técnico de diagnóstico das estruturas solicitado pelo MP tenha constatado “inúmeras vulnerabilidades, com um risco iminente de acidentes”.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com