COVID-19

Coreia do Norte reporta mortes e diz agir rápido contra surto de Covid-19

Neste domingo (15) o país completou quatro dias sob bloqueio nacional contra a doença

A Coreia do Norte reportou oito novas mortes por “febre” nesta segunda-feira (noite de domingo, 15, no Brasil), depois de anunciar recentemente seus primeiros casos de Covid-19. A admissão de que está lutando contra um surto “explosivo” da doença levantou preocupações de que o vírus possa devastar um país com um sistema de saúde com poucos recursos, capacidades de teste limitadas e nenhum programa de vacinas.

Segundo a Reuters, a agência de notícias estatal KCNA disse que o país está tomando “medidas de estado emergenciais rápidas” para controlar a epidemia, mas não há sinal de que Pyongyang esteja se movendo para aceitar ofertas internacionais de vacinas.

“Todas as províncias, cidades e condados do país foram totalmente fechados e unidades de trabalho, unidades de produção e unidades residenciais isoladas desde a manhã de 12 de maio, e um exame rigoroso e intensivo de todas as pessoas está sendo realizado”, informou a KCNA neste domingo.

Segundo a mídia estatal, 50 pessoas morreram, 1.213.550 sofrem de febre e pelo menos 564.860 estão sob tratamento médico.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com