Feira de SantanaPolícia

Adolescente é apreendido vendendo drogas em maquineta de cartão de crédito e debito

 

Um adolescente de 15 anos foi apreendido ao ser flagrado atuando para o tráfico de drogas no Jardim Sucupira, em Feira de Santana, na manhã desta quarta-feira (23). Com ele foi encontrada uma porção de maconha, mas para surpresa da polícia, foi encontrada uma máquina de cartão de créditos, que era utilizada para venda de entorpecentes.
O tenente Monte Nero, da 65ª Companhia Independente (CIPM), que comandou a apreensão, informou que após denúncias anônimas sobre tráfico de drogas, os policiais foram verificar e perceberam o menor em atitude suspeita e que tentou se esconder, mas foi alcançado com uma quantidade de droga.
“Ao fazer a abordagem encontramos quase 200 gramas de maconha prensada e uma embalagem que a gente conhece como típica da droga prensada. Perguntamos a origem, ele negou, mas no momento em que encontramos a droga, nós perguntamos a origem e mais detalhes da droga ele confessou que vendia, comercializava na venda de cartão de crédito e débito. A gente não acreditou, achou que era algum tipo de piada, de pegadinha, não é possível, e aí nos deslocamos com ele, com autorização dele até a residência, e logo na entrada, por trás da porta, próximo à sala, já tinha uma maquineta de cartão. 
Ele disse que não estava funcionando, nós ligamos a máquina e estava totalmente carregada e a última transação tinha sido feita 15 minutos antes da nossa chegada, o que mostra que já vinha vendendo há algum tempo, e não só aqui. Uma das últimas vendas que ele fez foi na praia de Cabuçu”, detalhou o tenente.
Durante a operação, a PM apreendeu mais de 10 cartões diversos, que o adolescente alegou que encontrou na rua, uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH), e até um cartão do Bolsa Família. Também foram encontradas 13 munições de diversos calibres.
A polícia acredita que os cartões e documentos podem ser de clientes e o tenente suspeita que as munições são indícios de que existe arma, mas nenhuma foi localizada.
Questionado sobre o envolvimento do adolescente com o mundo do crime e suas consequências, o tenente Monte Nero fez uma estimativa e citou dados da violência que vitimam jovens no Brasil. “Minha estimativa é de que ele não chegue aos 18 anos, e não é por causa da polícia. É pela cruel estatística de nosso país. Nós temos dados do mapa da violência do instituto Sangari, que fala que o Brasil está entre o sexto e o sétimo país que mais perde adolescente de 15 a 18 anos, na sua juventude e puberdade, vitimados pelo tráfico de drogas”, explicou.
O policial também lamentou a ausência dos pais do adolescente e acredita que eles sabem da atividade ilícita do filho e que algum adulto é responsável pela aquisição da máquina de cartão de créditos. Não havia nenhuma pessoa na residência onde o menor levou os policiais e foram encontrados os materiais.
O adolescente e todo o material apreendido foram encaminhados para a central de flagrantes do Complexo de Delegacias do Sobradinho.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com